Hidroginástica para gestantes

Hidroginástica para gestantes
(Foto divulgação)
A hidroginástica é uma atividade física que traz benefícios para todos os tipos de pessoas. No caso das gestantes, esse benefício é ainda maior, pois o exercício também faz muito bem para o bebê. Segundo pesquisa realizada pela Unicamp – Universidade de Campinas – a hidroginástica mantém a boa forma e também pode minimizar as dores do parto. Neste artigo, saiba mais sobre a hidroginástica e os benefícios que ela traz para as gestantes. 

O que é a Hidroginástica 

Trata-se de uma exercício aeróbico feito em piscinas com o objetivo de melhorar a capacidade aeróbica, melhor a força muscular, a resistência respiratória, além de promover uma manutenção profilática da saúde. Pessoas de várias idades podem fazer hidroginástica, portanto que seja feito um acompanhamento médico antes, principalmente no caso de pessoas com deficiências físicas. 

Benefícios da Hidroginástica para Gestantes 

O meio líquido é relaxante e promove descanso muscular e mental. Isso beneficia muito as gestantes, pois o exercício se torna, além de agradável, seguro para elas. Outra vantagem desta atividade é a redução do estresse e da tensão dos músculos e das articulações da futura mamãe. Veja abaixo os principais benefícios da hidroginástica para gestantes. 

1. Evita o ganho de peso excessivo; 

2. Evita dores na coluna; 

3. Previne varizes; 

4. Reduz sensação de dores lombares; 

5. Diminui o inchaço; 

6. Melhora o sono; 

7. Ajuda na recuperação pós-parto; 

8. Aumenta a autoconfiança e eleva a estima; 

9. Diminui a ansiedade, o estresse e o risco de depressão; 


Hidroginástica gravida
(Foto divulgação)
Hidroginástica para gestantes: contraindicações 

Muitas pessoas acham que não existem contraindicações para a prática de hidroginástica. No caso das gestantes, existem alguns pontos a serem observados e caso eles ocorram, o exercício deve ser interrompido. Veja quais são: 

1. Dores no peito; 

2. Náuseas e vômito; 

3. Perda de líquido anmiótico; 

4. Dores de cabeça; 

5. Fraqueza nos músculos; 

6. Dor abdominal; 

7. Sangramento vaginal; 

8. Palpitações; 

9. Diminuição de atividade fetal; 

10. Aparecimento de hipertensão, hipoglicemia e outros; 

Esses são alguns fatores de alerta para as gestantes. No aparecimento de um deles, o exercício deve ser interrompido e o médico deve ser consultado imediatamente. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Saúde Certo © 2012 Todos os direitos reservados