Prednisona Bula - Indicações - Contra indicações - Efeitos colaterais


Corticosteróide ajuda no tratamento de doenças crônicas ou graves

A Prednisona é um dos mais potentes corticosteróides encontrados no mercado hoje. Ele possui efeito antireumático, antiflamatório e antialérgico para tratar doenças que respondem ao seu principio ativo. Por ser utilizado no tratamento de doenças crônicas ou graves seu uso deve ser feito apenas com acompanhamento e prescrição médica. Ele tem entre seus efeitos o ganho de peso, e os pacientes que sentirem que isto está acontecendo não deve interromper o tratamento, mais sim buscar realizar atividades físicas e manter uma boa alimentação. A Prednisona não deve ser interrompida sem determinação médica.

Indicações de Prednisona

A Prednisona é prescrita para o tratamento de doenças como artrite reumatóide, asma, inflamações, alguns tipos de câncer como o linfático, doenças endócrinas, doenças auto-imune, doenças de pele, doenças nos ossos e músculos, doenças alérgicas, doenças respiratórias, doenças hematológicas. E geral, doenças que reajam ao corticosteróide. A posologia deste medicamento pode variar de acordo com a doença, idade e peso do paciente, mas não excede 60 mg diárias.

Prednisona Contra indicações

A Prednisona apenas não é indicada para pessoas com reações a alérgicas a Prednisona, com infecções sistêmica por fungos, e alergia a outros corticosteróides. Não é indicada para gestantes e mulheres amamentando. A posologia em crianças deve ser muita bem regulada e controlada pelo médico para não acarretar problemas em seu desenvolvimento. Pacientes com doenças como herpes simples ocular, colite ulcerativa inespecífica, infecções com pus, úlcera péptica; insuficiência renal; hipertensão; osteoporose, devem informar ao médico.

Prednisona Efeitos colaterais

O uso prolongado de Prednisona pode acarretar retenção de sal e água e aumento da perda de potássio. Podem aparecer efeitos colaterais durante o uso da medicação como: retenção de fluidos, aumento da pressão arterial, fraqueza muscular, distensão abdominal, pancreatite, retardo na cicatrização da pele, atrofia da pele, pele frágil e fina, vermelhidão facial, dermatite alérgica, edema, dor de cabeça, tontura, irregularidade menstrual, glaucoma, perda de proteína, alterações de humor, irritabilidade, insônia. Estes efeitos podem ou não se manifestar no paciente entre outros efeitos. Qualquer sintoma do efeito colateral a pessoa deve informar o médico. Apenas em alguns casos é necessário suspender o uso dessa medicação e buscar por outra.



1 comentários:

Aparecida Dd disse...

Tenho vitiligo nao sei mais o que fazer mim ajude

Postar um comentário

 
Saúde Certo © 2012 Todos os direitos reservados