Ginkgo biloba, para que serve?

ginkgobiloba
O Ginkgo biloba é uma planta originária da China símbolo da longevidade e da paz. Despertou grande interesse da ciência e da medicina após a Segunda Guerra Mundial, quando mesmo após aos ataques de bombas atômicas as cidades de Hiroshima e Nagazaki a planta se manteve viva e sobreviveu a radiação que contaminou o local.

Ginkgo biloba para que serve? Propriedade medicinais 

A planta ficou conhecida após a descoberta de suas propriedades medicinais. O extrato feito a partir das folhas da ginkgo tem grande efeito na redução de tonturas, para refrescar a memória, aliviar dores nos braços e nas pernas e ainda acabar com o zumbido no ouvido que muitas pessoas tem.

Estudos ainda esperam comprovar a suspeita de que a planta é um medicamente extremamente eficaz para prevenção e ataque a tumores.

Outros benefícios gerados pelo uso da planta enquanto medicamento são causados por seu efeito anti-inflamatório, antibacteriano, antidepressivo, antifúngica, anti diabestes, além de ser um bom auxiliar nos tratamentos de labirintite e também da AIDS.

As folhas da Ginkgo biloba são ricas em substâncias como bioflavonóides e ainda terpenóides, estes que agem como antioxidantes no organismo, combatendo radicais livres e prevenindo o envelhecimento das células.

Artigo recomendado: Ginkgo biloba engorda?

Procure um médico antes de ingerir qualquer medicamento

consulta-medica

É muito importante que antes de fazer uso de qualquer tipo de medicamento o médico deverá ser consultado. Caso você apresente algo que se assemelhe com os quadros nos quais a Ginkgo biloba possui grande eficiência, é necessário procurar um médico e descrever os sintomas para que o mesmo saiba prescrever qual a melhor forma de ingerir os medicamentos (podem ser por cápsulas, soluções oral, chás, etc.) e a dosagem correta de acordo com a sua necessidade.

Os comprimidos de Ginkgo biloba, por exemplo, desencadeiam muitas reações no organismo, os vasos sanguíneos dilatam-se e o sangue passa a se tornar mais viscoso, correndo mais rápido do que o normal. Para saber se seu corpo resiste a essas alterações é necessário consultar um médico. 


Ingerir medicamentos sem orientação de um médico coloca em risco a saúde do seu corpo, por isso fique atento e não corra riscos.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Saúde Certo © 2012 Todos os direitos reservados