Intestino preso engorda?

Intestino preso
O intestino preso, também conhecido como prisão de ventre é uma doença que pode ser provocada pelo consumo insuficiente de fibras. 

Mas, muitos fatores são importantes para manter o bom funcionamento do nosso intestino e prevenir doenças de origem gastrointestinal.


Intestino preso engorda?


O intestino preso pode sim colaborar para o ganho de peso, pois é no intestino que ocorre a absorção do que pode ser aproveitado pelo organismo, e isso inclui as gorduras. Então, o ideal é que os alimentos possam circular naturalmente.

Procure manter uma alimentação equilibrada e rica em legumes, frutas e verduras. Assim, você irá colaborar para o bem estar do seu corpo.


Tem que tomar cuidado!


Um bom trânsito intestinal necessita de um consumo regular de fibras. Esse consumo vem sendo muito prejudicado devido ao crescimento do consumo de produtos industrializados. 

Os alimentos quando são processados acabam perdendo a maior parte de seus nutrientes, as fibras, são um deles. Por isso, sempre que possível é muito importante tentar substituir os alimentos industrializados e sempre que forem consumidos se atentar aos rótulos para saber a quantidade de fibras disponíveis em cada um deles.


Como prevenir o intestino preso


O funcionamento regular do intestino depende de alguns fatores fundamentais, dentre eles estão: a ingestão regular de água, o consumo de fibras e a prática de atividades físicas. 

Se estes três fatores forem atendidos, provavelmente a atividade intestinal será regular. Já que, as fibras são responsáveis por auxiliar na formação do bolo fecal, e em parceria com a atividade física conciliada com a quantidade de água ingerida diariamente é gerado um estímulo da atividade muscular intestinal.



Fontes naturais de fibras


As fibras podem ser facilmente ingeridas através de frutas, legumes e verduras. Dentre as frutas estão o mamão, o tamarindo, a laranja, a ameixa, a manga. Já nos legumes as folhas em geral. Todos, alimentos in natura e ricos em fibras e micronutrientes, possuindo ainda um valor relativamente baixo de densidade energética. 

Os cereais integrais também são fontes ricas em fibras, como por exemplo o arroz integral, o centeio, a aveia, as sementes de linhaça, o farelo de aveia e trigo, dentre outros. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Saúde Certo © 2012 Todos os direitos reservados