Saiba como funciona a dieta mediterrânea

dieta mediterrânea

Observando que as pessoas residentes em países de regiões banhadas pelo mar mediterrâneo apresentam controle sobre o seu peso e incidência baixíssima de desenvolvimento de doenças do sistema cardiovascular, bem como hipertensão e obesidade. Foi criada uma dieta baseada em seus hábitos alimentares.

A alimentação desses povos tem um consumo calórico relativamente alto se comparado a dietas comuns de emagrecimento dos países ocidentais. A única diferença é a qualidade dessas gorduras que é bem mais selecionada, como por exemplo as que são originárias de peixes, algumas proteínas vegetais como o feijão, o soja, o grão de bico e a lentilha. Também de azeites e outros alimentos produzidos em abundância naquelas regiões.

Como a dieta mediterrânea funciona

Para fazer a dieta mediterrânea devem-se ser consumidos basicamente os alimentos de origem vegetal, sempre em maior quantidade. Entre eles destacam-se as hortaliças, as frutas, os legumes, os cereais, também os pães e sementes. Além de outros produtos como laticínios, especialmente queijos e iogurtes. Tudo isso, deve ser incluso na alimentação diária do individuo.

O consumo de peixes, de modo geral, deve ser feito de três a quatro vezes por semana. Já o frango e carnes vermelhas só devem ser consumidos de forma muito esporádica. 

Outro ingrediente fundamental dessa dieta é o consumo do vinho tinto, exceto para aquelas pessoas que não possam consumir o mesmo. Ele deve ser ingerido com frequência acompanhando as refeições, com o mínimo de uma taça por vez.

Quando o assunto são gorduras o ideal é consumir uma quantidade máxima de 30 a 40% de calorias diariamente, essas que devem vir de alimentos como nozes e também azeite de oliva. 

Na prática

Tentando colocar em prática a dieta mediterrânea vamos pensar da seguinte forma, lanches e café da manhã por exemplo, podem ser feitos a partir de fatias de pão integral acompanhadas de queijo branco e regado com um fio de azeite, podendo até mesmo inserir uma rodelinha de tomate ou ervas finas. Sucos sempre naturais como de laranja, abacaxi ou melancia e uma porção de 3 nozes.

No almoço arroz branco ou macarrão integral com molho de tomate natural e manjericão. Também saladas de folhas esverdeadas regadas com azeite de oliva, peixes e suco natural. Como sobremesa sempre optar por frutas como a maçã.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Saúde Certo © 2012 Todos os direitos reservados