Remédio para enxaqueca

A enxaqueca é um dos tipos de dores de cabeça (cefaleia). Na enxaqueca, a dor se localiza em um dos lados da cabeça ou então dos dois lados da mesma.

As crises de enxaqueca geralmente são desencadeadas por fatores muito comuns como alimentos e bebidas, sono e hábitos alimentares, variações de temperatura, umidade do ar, fatores emocionais, fatores hormonais e estresse.

Saber o que é a doença e como ela é causada no organismo é fundamental para se iniciar qualquer tipo de tratamento. Esses tratamentos dependem de cada caso e principalmente das causas particulares do problema.

Existem tratamentos feitos a base de medicamentos e outros que não usam os mesmos. Geralmente o uso desses medicamentos está associado a uma mudança de rotina que inclui a prática de atividade física, sessões de psicoterapia, higiene do sono, relaxamentos, controle do estresse, sessões de fisioterapia, sessões de acupuntura e outras.

Incialmente o que se deve fazer é evitar os desencadeadores do problema. Os principais desencadeadores da doença podem ser: 

- excessos de preocupação, também ansiedade e estresse;

- ficar períodos longos de tempo sem comer, excesso de bebidas alcoolicas, excesso de café e de uso de adoçantes;

- proximidade do período menstrual das mulheres;

- noites mal dormidas, ou dormir demais, ou dormir pouco;

- tomar muito sol, claridade excessiva e enfrentar mudanças bruscas de temperatura;

- uso de cigarro e poluição excessiva.

Remédios utilizados para tratar a enxaqueca

Os medicamentos usados para controle e tratamento da enxaqueca são dividos em antidepressivos, neuromoduladores , betabloqueadores e outros.

Antidepressivos tricíclicos são utilizados para inibição da receptação da serotonina, os de noradrenalina geralmente são mais tolerados. Dentre eles estão Escitalopram, parotexina e também citalopra.

A Venlafaxina, a Duloxetina e também a Agomelatina podem ser muito úteis para isso. Dentre os neuromoduladores, o Divaproato e o Topiramato são os mais prescritos pelos médicos.

Quanto aos betabloqueadores temos o Atenolol, o propranolol e o metoprolol que geralmente são bem tolerados.

Outros medicamentos que podem ser utilizados são a Flunarizina, o Verapamil, a Melatonina, a vitamina B12, Magnésio, Coenzima q10, Petasistis hibridus e também tanacetum parthenium.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Saúde Certo © 2012 Todos os direitos reservados