Pomada para candidíase

A candidíase é uma doença auto imune, mas isso não quer dizer que ela não pode ser passada para alguém ou pegada por contato com um portador. Quando o sistema imune do organismo está debilitado, os fungos que já habitam a região genital encontrar maior facilidade para se proliferar e aumentam de forma rápida, o que vem a causar a candidíase. A melhor forma de cuidar e tratar da doença é conseguir manter um equilíbrio entre estes microrganismos. Isso geralmente é feito por meio do uso de medicamentos ingeridos via oral e também de pomadas.
imagem ilustrativa

A cura da doença está relacionada a este equilíbrio e também no fortalecimento do sistema imune.

A candidíase se apresenta através de alguns sintomas, eles são: coceira intensa na região genital, corrimento esbranquiçado, que tem aparência semelhante a de leite coalhado, dores e sensação de ardor ao urinar, inchaço e vermelhidão nos órgãos genitais, placas de cor branca na boca e na língua em casos de portadores da candidíase oral.

O uso de pomadas

Durante o tratamento da candidíase é indispensável utilizar pomadas de função antifúngica, como as que contém miconzasol em sua composição. As pomadas devem ser utilizadas em conjunto com a medicação e usadas diariamente por um período que pode ter variação entre sete e quatorze dias, sendo que sua aplicação precisa ser feita em toda a região genital e noc aso das mulheres também no interior da vagina. É ideal que o uso da pomada seja prolongado mesmo quando não se tenham mais sintomas aparentes da doença.

As pomadas de função antifúngica são as mais indicadas para os casos de candidíase porque conseguem devolver o equilíbrio dos microrganismos da região genital. Essa região é mais suscetível ao desenvolvimento e ao aumento deles porque recebe menos luz e está sempre recebendo umidade. As pomadas ajudam controlar o aumento dos fungos de forma que a doença desapareça aos poucos.

Porém, para pessoas que sofrem com problema de candidíase crônica, muitas vezes o uso da pomada pode não ter grande efeito, pois a sua doença é resistente a ela. Nesses casos, o tratamento pode ser feito de diferentes maneiras, de acordo com a prescrição médica.


0 comentários:

Postar um comentário

 
Saúde Certo © 2012 Todos os direitos reservados